terça-feira, 5 de abril de 2011

Descaso

Me livrei dos nós atados
desse amor mal curado
desse mau-humor danado
desses versos de desilusão.

Entreguei os pontos pro fracasso.
Por descuido ou por descaso
se desfez tanta paixão?!

Esqueça, o velho encanto está desfeito
faça as malas do desejo
e leva embora esse meu peito
que não soube sonhar sem sentir dor.

Se pisei na bola me perdoa,
mas embora ainda me doa
dessa tua vida à toa
já não quero mais gozar.

Guarda teus delírios e teus fatos
teu sorriso, teu gingado,
para quem queira gostar.

Leva tua pochete ultrapassada
tua barbicha estrapiada
e essa vida embriagada
que eu cansei de suportar.

Guarda teus delírios e teus fatos
teu sorriso, teu gingado,
para quem queira gostar.

21 comentários:

Marlla disse...

Me identifico demais com seus textos, como é que pode em? :) "Guarda teus delírios e teus fatos/teu sorriso, teu gingado,/para quem queira gostar." Adorei essa parte. Beijo minha Poetisa Predileta ;)

Nicole disse...

Pode ter certeza, meu bem. Na minha humilde opinião, isso dá um samba dos bons! =*

Renatinha disse...

Isso é um samba? E agora tu produz samba?
Lascou! kkkkkkkkkkk
Que liiiiindo!
Bendito sejam "esse amor mal curado/ esse mau-humor danado / esses versos de desilusão".

Muito bom mesmo!

Rousi disse...

Own ;~~
Não é um samba porque não tem melodia, é só letra!
Mas a intenção era a de sempre: afogar meus sentimentos!!!

SH Stúdios disse...

Pra samba falta so a melodia...rs!
Parabéns gatona, orgulho de saber q temos uma coremense tao inspirada :)

Gabi disse...

Isso já é um samba, minha filha!
Nem precisa de melodia [A cadência tá toda aí]
Lindo demais!

E quem nunca quis cantar isso:

"Se pisei na bola me perdoa,
mas embora ainda me doa
dessa tua vida à toa
já não quero mais gozar".

Você cada dia surpreende mais!
Linda poesia! ^^

laianne carla disse...

Clap, Clap,Clap ! maravilhoso! a melodia ja esta intrínseca!

Flaw Mendes disse...

Eu li Pochete? rs! Lindo!

laianne carla disse...

kkkkkkkkkkkk! foi isso mesmo flaw falw! kkkkkkkkk e barbicha tb!

Anônimo disse...

Só porque eu sei que tu odeia comentários anônimos

Wesley disse...

Olhe, escrever qualquer um escreve, mas assim....só os melhores. Não tem como ler e não querer ver isso musicado, muito, mas muito bom mesmo!!

Débora Aragão disse...

Né por nada não, eu ia ler só o "samba" e tô aqui lendo tudo,
como assim minha filha?
Como faz p escrever desse jeito? Ensina aê...kkk

Zélio Sales disse...

Pois é concordo com Nicole. Já que a senhora conhece um povo bom do samba que tal fazer a proposta?

Beijos recitados.

Mayara Silveira disse...

Menina, me identifiquei com essa estória. Tu arrasa demais nos versos.

evellyn disse...

ADOREI, Rousi.
"Se pisei na bola me perdoa,
mas embora ainda me doa
dessa tua vida à toa
já não quero mais gozar."
* É a minha cara.. kkkk

Esse é o Samba que falou lá no casamento?

Du, dudu e edu disse...

Cara, você não faz idéia do potencial que tem!
Cada vez que escuto você dizer que escreve umas bobagens eu fico imaginando o que seriam versos sérios.
Essa poesia aí que parece rasgar o peito e colocar pra fora um amor que não tem jeito!
Se não é você, seu eu lírico é foda! hehehehe

Minha linda como é bom ler você.
Seu fã!

Laise L. disse...

"Me livrei dos nós atados/desse amor mal curado/desse mau humor danado/desses versos de desilusão." Mtooooooooooooooo me identifico!=X
Amei o texto...e sim, dá um samba, certeza!\o/

;*

Myla disse...

É. Todo mundo já expulsou um amor assim (ou pelo menos tentou) kkkkkkk
Genial, digno de uma melodia maravilhosa!
E pelo visto, todo mundo quer ver essa poesia virar samba, né?
Saudades desse astral maravilhoso.
Parabéns!

Cris Leandro disse...

kkkkkkkkkkk...foi mesmo pochete! esse samba é ótimo de dançar dando risada do dono da pochete. Rousi tu arrasaaa, pois num é que tu faz poesia até de uma pochete. Feliz idéia essa de Luis Kiari.

Humberto de Lima disse...

Olá Rousy!

Passando por aqui para visitar a conterrânea. Essa letra é bem solta, bem despojada. Dá pra fazer um bom samba mesmo! Abraço da Serra do Bodopitá!

aaluah disse...

dá música

 
;